15 de agosto de 2016

A voz do IPPUJ

Clique no link e ouça o que o IPPUJ esta preparando para você.

A voz do IPPUJ

O IPPUJ trabalhando sempre por Joinville. 

12 de agosto de 2016

A quem interessa que escolas não tenham EIV?

A flexibilização do EIV (Estudo de Impacto de Vizinhança) não interessa a sociedade. A pergunta é a quem interessa? Quem se beneficia? Por que o poder público liderado pelo IPPUJ e com o apoio do prefeito toma iniciativas como estas?

Poderíamos esperar que uma iniciativa como esta surgisse do legislativo, sempre mais propenso a atender este tipo de pleitos, mas que seja uma proposta do executivo só evidencia a forma de ver e entender a cidade desta administração.

4 de agosto de 2016

A roubada do Campus da UFSC em Joinville

O JÁ ( Jornal do Almoço) da RBS levou ao ar uma matéria sobre um tema que era um segredo a vozes o custo exorbitante do campus da UFSC em Joinville.
Dados da matéria R$ 18.000.000 em alugueis, outros R$ 21.000.000 milhões custo do acesso e sem previsão de poder retomar as obras. Alias os maiores beneficiados são os vizinhos que vem os seus imóveis “rurais” valorizar com a vinda da UFSC e que já contam com os ganhos que a mudança do zoneamento vai proporcionar.

Convenhamos que é uma ideia de jerico seguir espalhando a cidade, colocar a UFSC naquele brejo não parece uma boa ideia, menos ainda quando no futuro vai ocasionar custos elevados de transporte para os alunos, funcionários e professores. Seria mais interessante que as universidades se instalassem mais perto. O bom senso recomendaria que o conjunto formado pelo Moinho, a Ciser, o Colégio Estadual Celso Ramos e o Bairro Bucarein poderiam ser parte de um polo de conhecimento. Um campus que se utilizaria da infraestrutura existente, das linhas de transporte coletivo atuais e do comercio e serviços que estão disponíveis na região.


Mas nesse caso os proprietários de áreas rurais que serão os maiores beneficiados com o projeto da UFSC lá longe e que tem defendido com unhas e dentes a sua instalação na curva do arroz não se beneficiariam. Alias quem são esses beneficiários? Quem ganha com a UFSC lá? Porque quem perde isso já sabemos. Né?

A roubada do Campus da UFSC em Joinville

O JÁ ( Jornal do Almoço) da RBS levou ao ar uma matéria sobre um tema que era um segredo a vozes o custo exorbitante do campus da UFSC em Joinville.
Dados da matéria R$ 18.000.000 em alugueis, outros R$ 21.000.000 milhões custo do acesso e sem previsão de poder retomar as obras. Alias os maiores beneficiados são os vizinhos que vem os seus imóveis “rurais” valorizar com a vinda da UFSC e que já contam com os ganhos que a mudança do zoneamento vai proporcionar.

Convenhamos que é uma ideia de jerico seguir espalhando a cidade, colocar a UFSC naquele brejo não parece uma boa ideia, menos ainda quando no futuro vai ocasionar custos elevados de transporte para os alunos, funcionários e professores. Seria mais interessante que as universidades se instalassem mais perto. O bom senso recomendaria que o conjunto formado pelo Moinho, a Ciser, o Colégio Estadual Celso Ramos e o Bairro Bucarein poderiam ser parte de um polo de conhecimento. Um campus que se utilizaria da infraestrutura existente, das linhas de transporte coletivo atuais e do comercio e serviços que estão disponíveis na região.


Mas nesse caso os proprietários de áreas rurais que serão os maiores beneficiados com o projeto da UFSC lá longe e que tem defendido com unhas e dentes a sua instalação na curva do arroz não se beneficiariam. Alias quem são esses beneficiários? Quem ganha com a UFSC lá? Porque quem perde isso já sabemos. Né?

2 de agosto de 2016

Preservação


Preservação do patrimônio.

"Uma sociedade, uma cultura se definem não só pelo que criam, mas pelo que se negam a destruir"
John C Sawhill
Vendo o pouco e o como se preserva em Joinville é fácil chegar a conclusão que esta sociedade não tem respeito pelo seu patrimônio histórico e cultural.

Desvincular a construção (imóvel) do seu entorno, é descaracterizar o bem cultural, retirando-o do seu contexto.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...